Quatro coisas que todo mundo pensa que esta na Bíblia, mas não esta.

Muitas pessoas  vivem a vida como papagaios,repetindo aquilo que ouviu primeiro e ficou como verdade e isso é fato!Principalmente dentro de igrejas cujo o pregador,pastor ou até mesmo padre não estou muito bem a bíblia  e fala daquilo que já ouviu, veja agora quatro coisas que todo mundo pensa que esta na bíblica, mas não esta.

1ª Nenhuma Folha cai da árvore se não for por permissão de Deus.

Essa frase tem a ver com a Providência Divina, com a certeza que Deus acompanha a vida de suas criaturas, que não as abandona. A frase que você cita é um ditado, mas não encontrei uma passagem literal na Bíblia. De qualquer forma espelha bem a mensagem bíblica.

A frase mais célebre, nesse sentido, encontramos em Lucas 21, quando Jesus conforta seus discípulos sobre as dificuldades que enfrentarão. Para encorajá-los diz, no versículo 18: mas nem um só cabelo de vossa cabeça se perderá.

2ª O profeta Elias subiu ao céus em uma carruagem de fogo.

De acordo com o capítulo 2 de 2 Reis, “Sucedeu que, indo eles (Elias e Eliseu) andando e falando, eis que um carro de fogo, com cavalos de fogo, os separou um do outro; e Elias subiu ao céu num redemoinho.  ou seja Elias subiu ao céus em um redemoinho e não em uma carruagem.

3ª Deus mudou o nome de Saulo  para Paulo

É muito comum no meio cristão achar que antes de sua conversão o apóstolo Paulo, chamava-se Saulo e que depois Deus mudou o seu nome, inclusive até um respeitado hino evangélico conta com esse refrão. Contudo, por mais que possamos entender a máxima de que a voz do povo é a voz de Deus, e que se todos falam a mesma coisa é porque realmente essa é a verdade, devemos nesse caso pelo menos refletir com mais cuidado se realmente Saulo transformou-se em um Paulo.

A verdade é que em nenhum lugar das Escrituras encontramos menção de Paulo ter mudado de nome. O que a Bíblia diz é o seguinte: “Todavia, Saulo, também chamado Paulo…” (At 13.9). Até este versículo, o apóstolo é chamado de Saulo; a partir de então passa a ser chamado de Paulo. Se repararmos cuidadosamente o versículo em pauta, veremos que Lucas, o autor da narrativa diz que Saulo TAMBÉM era chamado Paulo. Ou seja, não houve uma troca de nomes, o que de fato a Bíblia diz, era que ele tinha DOIS NOMES DIFERENTES, fato considerado comum para um judeu que também tinha cidadania romana, como era o caso de Paulo (At 16.37,38 e 22.25,26). Saulo era o seu nome hebraico; enquanto a Bíblia retrata a relação do apóstolo com os judeus, este nome aparece – mesmo depois da conversão (O nome não mudou por causa da conversão). Porém , quando enviado em sua viagem missionária para desenvolver a sua missão entre os gentios, Lucas relata que Saulo TAMBÉM era chamado Paulo, seu nome romano, ou seja, de relacionamento com os gentios. Para finalizar o tema, concluímos que Saulo não virou Paulo, mais que ambos os nomes eram empregados em situações e contextos diferentes.

4ª A caminho da cidade de Damasco quando Jesus apareceu em sua frente e Saulo caiu do cavalo.

Sempre ouvi dizer que quando Paulo (também conhecido como Saulo) teve um encontro com Cristo, acabou caindo do cavalo (já ouvi até alguns arriscarem a falar a cor do cavalo de Paulo).O fato aconteceu enquanto Paulo ia pelo caminho de Damasco atrás dos Cristãos que haviam se dispersado de Jerusalém após a morte de Estevão.
O fato é que quando lemos Atos, não visualizamos que Paulo estava a cavalo.

Vejamos o que está na bíblia:

“Em sua viagem, quando se aproximava de Damasco, de repente brilhou ao seu redor uma luz vinda do céu. Ele caiu por terra e ouviu uma voz que lhe dizia: “Saulo, Saulo, por que você me persegue? ” Saulo perguntou: “Quem és tu, Senhor? ” Ele respondeu: “Eu sou Jesus, a quem você persegue.” Atos 9:3-5

O que vemos aqui e que não há como negar é que Paulo realmente caiu e sobre isso não nos resta dúvida alguma. Tudo esta bem claro na narrativa. Porém, não se sabe como ou de onde caiu, ou seja, qualquer citação feita a respeito é mera especulação ou conjectura. Nada pode ser afirmado sobre isso.

Alguns pregadores justificam dizendo que o cavalo se assustara e fugiu. No entanto, veja o versículo 8: “…e, guiando-o pela mão, conduziram-no a Damasco.” Assim, esta justificativa é contraditória, pois se Paulo estivesse à cavalo, seus companheiros de viagem provavelmente estariam também, e o levariam na garupa até damasco, não o conduzindo pela mão, como afirma a Bíblia.

Portanto, a resposta correta biblicamente seria: “Paulo caiu por terra”, e não que teria “caído do cavalo”.

 

Loading...

Gostou? então Compartilhe!

Mais Lidas

loading...

JOIN THE DISCUSSION