URGENTE! Procuradores Criminais do RS atesta que exposição do Santander havia proposito de Erotização infantil

Dois procuradores do Rio Grande do Sul visitaram a exposição que foi fechada pelo banco Santander e atestaram que a exposição havia um proposito de erotização das crianças, ou seja exposição era criminosa.

Além da exposição conter um crime de vilipendio contra objetos considerados sagrados, religiosos que é um crime previsto no código penal, ela também tinha o proposito de erotizar as crianças para o fim de transformar em algo normal a pedofilia e zoofilia.

Os promotores relataram isso após observarem todas as obras que estavam causando polêmica, os promotores são  Alexandre e Silvio Munhos.

Os políticos que saíram em defesa da exposição foram Ciro Gomes,Roberto Freire,Jean Wyllys entre outros deputados

Loading...

Gostou? então Compartilhe!

Mais Lidas

loading...

JOIN THE DISCUSSION