Houve uma outra ”exposição” em Salvador/BA, onde crianças tiveram contato com corpo nu de homem!

Na última terça-feira, dia 26, na abertura da 35º Panorama da #Arte Brasileira, realizada no MAM – Museu de Arte Moderna, em São Paulo, o artista Wagner Schwartz se apresentou completamente nu no centro de um tablado.

Wagner interpreta em sua performance, que chama de La Bête, um dos Bichos de Lygia Clark, onde o público pode interagir e tocá-lo, assim como nas esculturas de alumínio da obra da artista, que também podem ser tocadas pelo público.

Na apresentação Schwartz fica deitado no centro de um tatame e pode ser manipulado [VIDEO]por quem o assiste. No MAM foi manipulado por uma garota que aparenta ter 4 anos de idade.

Ela adentra no tatame, toca os pés e as canelas de Wagner e posteriormente se retira engatinhando, voltando para o lado de uma mulher que supostamente é sua mãe.

No #Vídeo viral que está circulando nas redes sociais, que tem sido alvo de muitas críticas e que gerou revolta nos internautas, mostra o homem deitado de barriga para cima, com sua genitália a mostra e a garota o tocando.

A mesma apresentação já ocorreu em outras oportunidades, sempre em eventos de arte. Outro vídeo também circulou na internet de uma performance anterior, realizada em Salvador-BA, em que a protagonista da cena, seria uma garota de apenas 8 anos. No vídeo a garota toca a cabeça de Wagner.

O MAM diante da revolta causada nas redes sociais se posicionou e divulgou nota, dizendo que a apresentação de Schwartz foi para um público fechado, seleto, que compareceu ao evento por meio de convite.

O Museu informa que a performance La Bête, foi apresentada na abertura da Mostra Panorama de Arte Brasileira, pelo artista Wagner Schwartz e que na entrada da sala onde ocorreria a apresentação, foi anexado um informativo com o conteúdo a ser apresentado, inclusive informando sobre a nudez do artista. Na apresentação não existe erotização, apesar da nudez. Que a criança está acompanhada o tempo todo pela sua mãe, que também participa da performance, mas deixa sua filha participar sozinha da apresentação, e que todos os presentes no evento puderam presenciar o contexto.

Na mesma nota o Museu informa ainda, que o artista faz uma interpretação da obra de Lygia Clark que permite a manipulação de objetos e termina a nota dizendo que, as insinuações de #Pedofilia são uma interpretação errada do contexto da obra, que são descabidas, que fazem parte da cultura de ódio e opressão, que tem se espalhado pelo país, principalmente pelas redes sociais.

O ѕеnаdоr Mаgnо Mаltа ѕе роѕісіоnоu ѕоbrе a еxроѕіçãо no Muѕеu dе Arte Mоdеrnа (еm SP) оndе um “um іmbесіl реlаdо nо раlсо (que supostamente ѕе dіz аrtіѕtа) ѕе apresenta nu perante сrіаnçаѕ”.

“É сrіmе hеdіоndо, é реdоfіlіа” disse o senador.

Veja o vídeo:

Loading...

Gostou? então Compartilhe!

Mais Lidas

loading...

JOIN THE DISCUSSION