Garoto de 12 anos que ajudava a mãe tocando gaita na rua é impedido pelo Conselho Tutelar

Em Santo Ângelo, no Rio Grande do Sul, um garoto de 12 anos foi impedido de tocar gaita (ou sanfona), instrumento típico da região. A mãe do menino o acompanhava nas ruas da cidade enquanto ele tocava.

De acordo com o G1, João Pedro e sua mãe foram interceptados por uma conselheira tutelar esta semana, e ela disse que o menino não poderia mais tocar. A alegação é de que o garoto estaria trabalhando ou pedindo esmola, o que aos 12 anos é proibido. A mãe de João Pedro, entretanto, alega que as pessoas davam dinheiro espontaneamente apenas por apreciarem o talento do garoto.

O que torna tudo mais revoltante é o fato de que no início do mês passado veio a tona o polêmico caso da exposição Queermuseu, que ocorreu justamente no Rio Grande do Sul, em que crianças eram levadas para assistir uma exposição de “arte” que envolvia pedofilia e até zoofilia. Já na semana passada o caso da exposição pedófila do Museu de Arte Moderna, de São Paulo, envolveu um ato em que uma menina tocava um homem adulto nu em meio a várias pessoas.

Quer dizer que nada disso tem relevância para o Conselho Tutelar, mas um menino tocar gaita é proibido.

Fonte: Jornalivre

Loading...

Gostou? então Compartilhe!

Mais Lidas

loading...

JOIN THE DISCUSSION